atletas, recomendações, nutrição, dica de especialista

Recomendações para Atletas de Resistência. Por - Nutricionista  Otávio Neto

20 de outubro, 2023

Carboidratos


Carboidratos são açúcares e amidos que abastecem nosso corpo como uma gasolina abastece o carro. Cada grama de carboidrato contém 4 kcal. O corpo humano consegue reservar os carboidratos como glicogênio muscular e hepático. Estas reservas de glicogênio são liberadas para estabilizar a glicemia e permitir uma ótima função muscular.


Os indivíduos conseguem armazenar cerca de 100 a 125 gramas de glicogênio no fígado e cerca de 2 gramas de glicogênio a cada 454 gramas de tecido muscular. Esta quantidade de glicogênio supre a energia necessária para correr por aproximadamente 2 horas em uma intensidade moderada, fazendo com que a adição de carboidratos em provas longas seja necessário para evitar a depleção e consequentemente uma queda de rendimento e uma profunda fadiga muscular.


Para corridas de mais de 3 horas:

– ‘Carbo-loading’ no período pré corrida, 4 a 5 gramas de carboidratos de fácil digestão (baixa quantidade de fibras) a cada 453 gramas de massa magra. Exemplos de alimentos: Banana da prata, macarrão, arroz branco, batata inglesa e batata doce.


Para corridas pela manhã

– Consumir entre 100 a 150 gramas de carboidratos de fácil digestão (baixa quantidade de fibras) em 2 a 3 horas antes do início da prova. Permitir 1 hora de digestão a cada 50 a 75 gramas de carboidratos consumidos.


Durante a corrida

– Consumir aproximadamente ¼ a ⅓ do peso corporal em carboidratos a cada hora, para corridas acima de 45 minutos a 90 minutos. Por exemplo, um indivíduo que possui 80 kg, deve consumir entre 45 a 60 gramas de carboidratos a cada hora de treino. Para maximizar a concentração de glicogênio muscular, deve-se ingerir múltiplos tipos de carboidratos. Carboidratos simples e complexos.


Pós corrida

– Ingerir entre 50 a 100 gramas de carboidratos, preferir na forma líquida para promover reidratação, bem como reposição de glicogênio, tão rápido quanto possível após a prova.


Proteínas

Proteínas são moléculas grandes e complexas, que constituem 20% do peso corporal na forma de músculos, ossos, cartilagem, pele, bem como outros tecidos e fluidos corporais. Durante a digestão, proteínas são quebradas em no mínimo 100 individuais blocos de construção química, conhecidos como aminoácidos. As proteínas ajudam a poupar o glicogênio, consequentemente melhorando a performance. Proteínas também ajudam a suprimir a fome durante provas de longa duração.


Para corridas pela manhã

– Ingerir cerca de 10 a 20 gramas de proteínas em 2 a 3 horas antes da prova, com o objetivo de estabilizar a glicemia. Exemplos: Iogurte desnatado, Leite desnatado, ovos e barras protéicas.


Durante a corrida

– Caso a prova tenha uma duração de mais de 4 horas, deve-se ingerir 5 gramas de proteínas a cada hora.

Pós corrida

– Ingerir entre 10 a 20 gramas de proteínas, com o objetivo de recuperação muscular e manutenção do sistema imunológico.


Eletrólitos

A reposição de eletrólitos se transforma em uma ferramenta fundamental em corridas que duram mais do que 1 hora, especialmente quando em ambiente úmido e quente. Os principais eletrólitos são Sódio(Na), Potássio(K), Magnésio(Mg) e Cálcio(Ca). Eles são envolvidos em atividades metabólicas e são essenciais para o funcionamento celular normal, incluindo função muscular. Um desbalanço nos eletrólitos causa sintomas semelhantes ao da desidratação (náuseas, vômitos, fraqueza muscular, cãibras musculares e fadiga).


Durante a corrida

– Ingerir entre 200 a 500 mg de Na (sódio), bem como menores quantidades de Mg, Ca e K.

Pós corrida

– Ingerir água de coco ou bebida esportiva


Água

A água serve como mediação para todas as reações metabólicas, ajuda a lubrificar a musculatura e articulações, e também mantém a temperatura corporal estável. Uma insuficiente ingestão de fluidos durante uma prova de longa duração pode causar um dramático impacto negativo na saúde e performance.


Necessidades hídricas diárias:

– Ingerir 30 ml X kg. Exemplo: Um indivíduo com 75 k, deve ingerir 75 X 30 ml= 2,250 de água por dia.


Antes da corrida:

– Ingerir entre 450 ml a 680 ml em 1 a 2 horas antes da corrida.


Durante a corrida:

– Ingerir entre 500 ml a 1 litro de água por hora.


Pós corrida:

– Se o indivíduo perdeu mais do que 2% do peso corporal referente ao período de pré corrida, deve-se ingerir fluidos até a cor da urina estar amarelo pálido novamente. É estimado que a necessidade seja de aproximadamente 560 ml de fluídos para restabelecer 453 gramas de peso corporal.

Sale Off
Proteína Beauty Whey Protein Baunilha 450g
R$ 224,90R$ 179,92
Sale Off
Proteína Beauty Whey Protein Chocolate 450g
R$ 224,90R$ 179,92
Sale Off
Creatina 100% Pura 300g
R$ 188,90R$ 151,12
Sale Off
Magnesium+ 60 Cápsulas
R$ 129,90R$ 103,92