cacau, benefícios, flavonoides

O Cacau: Uma Perspectiva Científica

28 de MARÇO, 2024

O cacau, cientificamente conhecido como Theobroma cacao, é uma planta nativa das regiões tropicais da América Central e do Sul. É amplamente cultivado por suas sementes, que são os principais ingredientes do chocolate. Além de seu valor comercial, o cacau tem sido objeto de estudo científico devido aos seus potenciais benefícios para a saúde.


Composição Química do Cacau:

O cacau é uma rica fonte de compostos bioativos, incluindo flavonoides, catequinas, epicatequinas e procianidinas. Estes compostos são conhecidos por suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, que podem contribuir para a saúde cardiovascular e cerebral. [1]


Benefícios para a Saúde:

Estudos epidemiológicos têm sugerido que o consumo regular de cacau ou chocolate com alto teor de cacau está associado a diversos benefícios para a saúde, incluindo a redução do risco de doenças cardiovasculares, melhora da função cognitiva e proteção contra o estresse oxidativo. [2][3]


Efeitos sobre o Sistema Cardiovascular:

As catequinas presentes no cacau têm sido associadas à melhora da função endotelial, redução da pressão arterial e diminuição do colesterol LDL oxidado, todos fatores de risco para doenças cardiovasculares. [4]


Efeitos Neuroprotetores:

Estudos em modelos animais e em culturas celulares sugerem que os flavonoides do cacau podem exercer efeitos neuroprotetores, reduzindo o estresse oxidativo, inflamação e melhorando a plasticidade neuronal, o que pode ser benéfico para a prevenção de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer. [5]


Considerações sobre o Consumo:

Embora o cacau contenha muitos compostos benéficos, é importante notar que o chocolate comercializado muitas vezes contém aditivos como açúcar e gorduras saturadas, que podem contrabalançar os benefícios para a saúde. Portanto, é recomendado o consumo de produtos com alto teor de cacau puro e sem adição de açúcares.

Sale Off
Achocolatado em Pó Cocoa Bullet Drink 240g
R$ 118,00R$ 94,40
Sale Off
Brain Coffee Mocaccino Creatine Plus 220g
R$ 159,90R$ 127,92
Sale Off
Better Wafer Proteica Cookies & Cream - Caixa com 12 un
R$ 122,90R$ 98,32

Referência

Nehlig, A. (2013). The neuroprotective effects of cocoa flavanol and its influence on cognitive performance. British Journal of Clinical Pharmacology, 75(3), 716–727.


Martínez‐López, S., Sarriá, B., Gómez‐Juaristi, M., & Bravo‐Clemente, L. (2014). Theobromine, caffeine, and theophylline metabolites in human plasma and urine after consumption of soluble cocoa products with different methylxanthine contents. Molecular Nutrition & Food Research, 58(11), 2108-2116.


Katz, D. L., Doughty, K., & Ali, A. (2011). Cocoa and chocolate in human health and disease. Antioxidants & Redox Signaling, 15(10), 2779-2811.


Khan, N., Khymenets, O., Urpí-Sardà, M., Tulipani, S., Garcia-Aloy, M., Monagas, M., ... & Andrés-Lacueva, C. (2014). Cocoa polyphenols and inflammatory markers of cardiovascular disease. Nutrients, 6(2), 844-880.


Mastroiacovo, D., Kwik-Uribe, C., Grassi, D., Necozione, S., Raffaele, A., Pistacchio, L., ... & Desideri, G. (2015). Cocoa flavanol consumption improves cognitive function, blood pressure control, and metabolic profile in elderly subjects: the Cocoa, Cognition, and Aging (CoCoA) Study—a randomized controlled trial. The American Journal of Clinical Nutrition, 101(3), 538-548.